If, else e ternário no PHP

If, else e o ternário sem dúvida o são os recursos mais utilizados no PHP e na maioria das linguagens, afinal é o que deixa o sistema mais “inteligente”, afim de o código tomar algumas decisões com base as condições que foi previamente programado.

Vou começar explicando o if.

Imagine que você tem uma variável chamada nome, o qual poderá conter qualquer nome. Para todo mundo você deverá mostrar o texto “You shall not pass”, porém se o valor foi igual à “Gandalf”, então, você irá mostrar o texto: “Welcome”.

Com o if isso é possível de forma muito simples. Basta escrever if depois entre parenteses você inclui a condição especifica, logo em seguida entre chaves você inclui o que quer que seja feito caso a condição seja verdadeira. Veja o exemplo abaixo:

1
2
3
4
5
6
7
$nome = 'Balrog';
$saudacao = 'You shall not pass';

if($nome == 'Gandalf'){
$saudacao = 'Welcome';
}
echo $nome . ', ' . $saudacao;

Vou tentar explicar esse pedaço de código: 1º linha criamos uma variável que foi atribuído para ela um o texto ”Gandalf”; 2º Linha criamos outra variável com uma saudação “You shall not pass”; 3º Linha que deixamos o sistema um pouco mais “inteligente”, fazendo a verificação se o conteúdo da variável é igual ao texto “Gandalf”; 4º Linha alteramos o conteúdo da variável para “Welcome”; 6º Linha mostramos na tela o conteúdo da variável $nome seguido de virgula depois o conteúdo da variável $saudacao;

Se você executar esse código provavelmente terá um texto na sua tela “Balrog, You shall not pass”.

O que ocorreu?

O conteúdo da variável foi diferente da condição imposta, tente alterar na linha 1 o conteúdo da variável $nome para “Gandalf” e veja o que acontece.

Você deve ter notado que utilizamos duas vezes o sinal de = no momento da condição, dai você lembrou do operador de atribuição e deve estar se perguntando WTF is it? o que é isso? Não criemos pânico, deixe me explicar: Quando utilizamos somente um sinal de igual (=) estamos atribuindo algo para a variável, quando utilizamos dois sinais de iguais (==) então estamos comparando o que está a direita, com o que está na esquerda, o resultado disso será um valor booleano (TRUE ou FALSE).

Estamos entendidos? Então vamos ao segundo nivel: O else

O que é esse tal de else.

else é bem mais simples do que se imagina, a grosso modo seria um complemento do if, note que no if temos uma condição que caso seja verdadeira então deverá ser executado um determinado código, mas e se você quiser executar um outro código caso a condição seja falsa? Nesse caso existe o else.

Imagine o seguinte caso: Eu e um amigo possuímos 20 reais e 32 centavos cada um, apostei que o preço do pão era dois reais, se eu ganhasse ele me pagaria 10 reais e 50 centavos, caso contrario eu pagaria para ele. Vamos ver como fica?

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
$meuDinheiro = 20.32;
$dinheiroDoAmigo = 20.32;
$precoDoPao = 2.00;
$meuChute = 2.00;
$valorDaAposta = 10.50;

if($precoDoPao == $meuChute) {
$dinheiroDoAmigo -= $valorDaAposta;
$meuDinheiro += $valorDaAposta;
}else{
$meuDinheiro -= $valorDaAposta;
$dinheiroDoAmigo += $valorDaAposta;
}

echo 'Meu dinheiro: ' . $meuDinheiro;
echo ' dinheiro do amigo: ' . $dinheiroDoAmigo;

Bom, note que montamos a estrutura do if normalmente e ao final adicionamos else e entre parenteses incluímos o queremos que ocorra caso a condição do if seja falsa.

Ternário

Muitos casos iremos apenas realizar um processo de condição simples, que não requer muitas linhas de códigos para realizar essa operação, então podemos usar o ternário que tem a ideia do if e else juntos só que de uma forma contraída e um pouco mais limitada.

Para isso primeiro incluímos a condição, seguida de interrogação (?) instrução caso verdadeiro seguido de dois pontos (:) e finalmente a instrução caso falso. Veja no exemplo abaixo.

1
2
3
$idade = 17;
$idadeMinima = 18;
echo $idade < $idadeMinima ? 'Você não pode ver esse site' : 'Você pode ver esse site';